sexta-feira, 20 de março de 2015

Filme “O Feitiço de Áquila”



Em uma época em que as pessoas se encantam com histórias de fantasia, seres mágicos e de amores impossíveis, esse clássico de 1985 com certeza foi inspiração para muitas histórias de hoje em dia.
Esse filme tem uma história bem construída, bem contado, com brilhantes e talentosos atores, os efeitos são muito baixos comparados com os de hoje em dia, mas em 1985 eles foram inovadores.
Fico na torcida para que eles façam uma versão moderna desse clássico, mas sem mudar em nada sua história, pois não a necessidade disso, apenas seria para mostrar essa linda história para essa nova geração e com efeitos visuais primorosos.
O filme O Feitiço de Áquila conta uma história de amor fadada a nunca ser consumada.
Isabeau ( Michelle Pfeiffer) é apaixonada pelo cavalheiro Etienne Navarre (Rutger Hauer), porém o Bispo de Áquila (John Wood) deseja também o seu amor e vendo que esse amor nunca seria correspondido, lança uma maldição nos dois amantes.
Ela se transforma em um falcão durante o dia, e ele em um lobo à noite, isso os impede de se encontrar.
Existe uma linda cena no filme, onde os dois amantes quase se encontram, ela tenta lhe dar a mão, mas nesse exato momento ela se transforma em falcão e ele volta a sua forma humana, é muita linda e emocionante cena.



Vamos torcer para esse clássico ser refilmado, mas por enquanto podemos nos encantar com essa linda história de amor com o clássico.







domingo, 15 de março de 2015

Mudanças no Blog.


Á partir de hoje serei mais presente no meu blog.
Irei escrever meus pensamentos, ideias e opiniões.
Comentarei sobre livros, filmes, eventos e lugares interessantes.
Também postarei sobre alimentação saudável, e dicas de saúde física e mental.

Espero que gostem dessas mudanças.
Obrigada.

Abaixo um texto sobre minha definição maluca do infinito.

Minha definição do meu infinito.

Infinito sentimento
Infinito de razoes
Infinito de amor
Como você define o seu infinito?
Sabe qual é o meu?
É Um infinito de ideias abstratas que brotam em um universo mental privativo.
Mas se você tem um infinito, mas não o deixa  se libertar, ele de nada vale!
Infinitos são como caminhos secretos e ocultos, e só aqueles com coragem se aventuram a percorrer esses caminhos, porem se você não for uma pessoa corajosa estará condenada a viver em eterna monotonia e infelicidade.
Descubra qual é o seu infinito e o viva intensamente.
Seja feliz pelo infinito.