sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Vou contar como começa a historia da Joanna!

Tudo começou quando eu uma paulista se apaixonou por um gaúcho pela internet, nosso amor deu tão certo que casamos em menos de um ano, porém nossa primeira tentativa de ter um bebê não deu certo, 6 meses depois fui abençoada com a noticia que a Joanna estava em meu ventre.
A gravidez foi um pouco dificil, fiquei muito enjoada, desmaiava, minha glicemia vivia baixa e fiquei com deficiência de ferro, por este motivo emagreci muito no começo da gravidez, porém depois de alguns meses começei a engordar bastante, engordei 25kgs, mas mesmo assim minha deficiência de ferro continuava, no dia 3 de agosto as 8:30 minha bolsa estourou, vou para o hospital chego as 9hs e fiquei esperando sentada em uma cadeira de rodas pq não tinha  vaga, esperei até as 14hs até q o médico me examinou e viu que estava com 8 dedos de dilação e mandou subirem comigo para o centro cirurgico, e todo esse tempo estava sentindo uma dor terrivél era as contrações, quando fui para o centro cirurgico me deram a peridural e a dor passou porém o parto estava só no começo, a Joanna não nascia mesmo com 10 dedos de dilatação, então o medico realizou a fórceps mas mesmo assim a Joanna não nascia o tempo foi passando, então outro medico veio colocou a mão e quebrou a clavícula dela e a puxou , teve que ser assim pois ela era muito grande e eu muito pequena, eu não tinha passagem suficiente para ela nascer o tempo já tinha passado e se demora-se mais a Joanna não estaria aqui, como o corte foi grande e eu com a deficiência de ferro tive um grande sangramento após o parto tive que receber 2 bolsas de sangue, mas deu tudo certo ela nasceu linda com 3,850kgs e 51cm, linda cheia de saúde e a clavícula em uma semana já estava curada!!!
A Joanna já nasceu sendo guerreira e lutou para vir para esse mundo e é claro o pai da Joanna meu Marido Igor não saiu do meu lado e sem ele não conseguiríamos sozinhas.
Mesmo com todas as dificuldades tudo valeu a pena, e só olhar o rostinho dela sorrindo para mim que nem me lembro das dores e dos problemas que tivemos!
Obrigada Deus por esse dom divino de ser mãe, este acontecimento é realmente um milagre e uma benção para toda a familia!

3 comentários:

  1. Debora,
    O final feliz não se da só nos contos de fadas ele tbm se faz presente para queles q acreditam no amor,na cumplicidade. E a história de vcs é um conto de fadas e foi brindado com uma menininha muito linda q só nos enche de orgulho. Felicidades sempre pra vcs três.

    ResponderExcluir
  2. Que historia lindaaaaaa
    alycia nasceu grande tambem mais não foi normal...
    Deus abençoe essa essafanilia
    bjos

    ResponderExcluir
  3. Jamais imaginei q esta história fosse me trazer o maior e melhor sentimento de minha vida!! O de ser avó!! Tu é uma guerreira e junto com o Igor realizarem o maior sonho da minha vida!! Obrigada!! Amamos voces!!

    ResponderExcluir